Rua Wilson de Almeida-Nº 259-S / Bairro Ouro Verde, Nova Olímpia, Cep:78.370-000
Fone:(65) 3332-1130 Atendimento: 07:00 às 11:00hrs e das 13:00 às 17h00 hrs
Publicado em: 25/11/2021 ás 14:50:00 Fonte: SOCIAL

Fonte: SOCIAL

A violência contra as mulheres, infelizmente, é um problema a ser enfrentado em todo o mundo e atinge mulheres de todas as raças e classes sociais. Em tempos de pandemia de Covid-19, observou-se um aumento considerável de casos de violência doméstica, em especial de feminicídios no Estado de Mato Grosso.

Nesta quinta-feira (25/11) é comemorado o Dia Internacional de Luta contra a Violência à Mulher, instituído em 1999 pela ONU (Organização das Nações Unidas) para homenagear as irmãs Mirabal (Pátria, Minerva e Maria Teresa), assassinadas pela ditadura de Leônidas Trujillo na República Dominicana.  A Organização Mundial de Saúde define como ato de violência o dano físico, sexual, psicológico, incluindo ameaças, coerção e privação arbitrária da liberdade, seja na vida pública seja na vida privada.  A legislação brasileira (Lei Maria da Penha) é considerada uma das três mais avançadas do mundo.

A Prefeitura de Nova Olímpia e a Secretaria Municipal de Assistência Social oferecem às mulheres vítimas de violência doméstica programas e serviços que visam assegurar os direitos, como o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), com ações de acompanhamento das famílias, com grupo de mulheres e de gestantes e a inclusão em programas de complementação de renda.

E também com ações do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), atendimento e acompanhamento psicossocial, além de orientações à violência intrafamiliar (física, psicológica e/ou sexual), garantindo sigilo e o fortalecimento da mulher no seu cotidiano.

De acordo com a secretária de assistência social, Melissa de Campos Giacomo, o CRAS e o CREAS visam ofertar as mulheres vítimas de violência um atendimento qualificado, humanizado e sigiloso. E destaca que nesses tempos de pandemia a importância de práticas de prevenção e denúncia. “As nossas equipes da assistência social possuem profissionais preparados para o atendimento às mulheres vítimas de violência, que apoia a prevenção. Quanto a denúncia, o registro de boletim de ocorrência de violência doméstica pode ser feito pela internet. A Polícia Civil também está incentivando a denúncia dos casos de violência contra a mulher pelos telefones 180 da central de denúncias e pelo 190 da Policia Militar.”

 A luta pela não Violência Contra a Mulher tem que ser de todos, homens e mulheres.

Notícias relacionadas

07/01/2022

Retrospectiva 2021: Aprimoramento dos serviços marcaram a atuação da Ass...

Visualizar Notícia

27/12/2021

NOVA OLÍMPIA: Saúde fecha 2021 atendendo demandas de cirurgias de catarat...

Visualizar Notícia

23/12/2021

Quartel da PM de Nova Olímpia inaugura alojamento feminino

Visualizar Notícia

22/12/2021

Prefeito nomeia Comissão Municipal para acompanhamento do FUNDEB

Visualizar Notícia