Rua Wilson de Almeida-Nº 259-S / Bairro Ouro Verde, Nova Olímpia, Cep:78.370-000
Fone:(65) 3332-1130 Atendimento: 07:00 às 11:00hrs e das 13:00 às 17h00 hrs

História do 8 de março

Por: Professores Antonio Veras Nunes e Ângela Romão Sobrinho Nunes

Resumo-O presente artigo tem como objetivo destacar na história a importância do Dia Internacional da Mulher, oito de março. E enfatizar as lutas e conquistas da mulher no decorrer da história.

Palavras chaves: luta – manifestação – conquista - voto – ONU

Foi a partir dos séculos XIX e XX, com o crescimento industrial, que as famílias começaram a migrar do campo para a cidade em busca de viver melhor. Essa migração trouxe consigo muitas mudanças na rotina familiar, à vida não era fácil, algumas mulheres sentiram a necessidade de trabalhar para ajudar na economia da família. Muitas mulheres deixavam seus filhos em casa para trabalhar nas fábricas, onde tinham que cumprir a jornada de trabalho de 16 horas diária, recebia um terço do salário do homem, trabalhando a mesma carga horária.

Cansadas de serem exploradas e humilhadas, as mulheres passaram a reivindicar salários justos e melhoria nas condições de trabalho e redução da carga horária. Por isso, no dia oito de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, ocuparam a fabrica onde trabalhavam e fizeram greve. A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.

Foi no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o oito de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas). A partir dessa oficialização as mulheres passaram a lutar pelos seus direitos e com isso vem conquistando espaço social.

A seguir serão mencionadas algumas lutas e conquistas das mulheres no decorrer da história: no ano de 1788 – o político e filosofo francês Condorcet reivindica direitos de participação política, emprego e educação para as mulheres; 1840 - Lucrécia Mott luta pela igualdade de direitos para mulheres e negros dos Estados Unidos; 1859 - surge na Rússia, na cidade de São Petersburgo, um movimento de luta pelos direitos das mulheres; 1862 - durante as eleições municipais, as mulheres podem votar pela primeira vez na Suécia; 1865 - na Alemanha, Louise Otto, cria a Associação Geral das Mulheres Alemãs; 1866 - No Reino Unido, o economista John S. Mill escreve exigindo o direito de voto para as mulheres inglesas; 1869 - é criada nos Estados Unidos a Associação Nacional para o Sufrágio das Mulheres; 1870 - Na França, as mulheres passam a ter acesso aos cursos de Medicina; 1874 - criada no Japão a primeira escola normal para moças; 1878 - criada na Rússia uma Universidade Feminina; 1901 - o deputado francês René Viviani defende o direito de voto das mulheres; 2011- O povo Brasileiro depositou nas urnas seu voto de confiança e lealdade a primeira Mulher Presidenta da Republica ( Dilma Russefe).

"Dia 8 de março é apenas um dia das mulheres, isso não basta, todos os dias são dias de comemorar e homenagear as mulheres de nossa vida." (Luis Alves)

Parabéns a todas as mulheres do mundo inteiro, principalmente a aquelas que trabalham na Escola “13 de Maio”!

BIBLIOGRFIA

Fonte: www.google.com.br

PRIORE, Mary Del e BASSANEZI, Carla. História das mulheres no Brasil. 2. ed.São Paulo :

Contexto, 1997